Sanity - Descomplicando o processo: regularização de produtos na ANVISA

Blog

Últimas notícias

terça-feira, 11 de junho de 2024

Descomplicando o processo: regularização de produtos na ANVISA

Se você trabalha na indústria de produtos que exigem regularização perante a vigilância sanitária, sabe que a regularização de produtos na ANVISA é um passo imprescindível não somente para sua comercialização, mas também para a aprovação de entrada no país em importação e a sua comercialização no Brasil.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária é o órgão responsável por garantir a segurança, eficácia e qualidade desses produtos, e o processo pode parecer complexo. Mas não se preocupe, estou aqui para descomplicar essa rota regulatória! 

Vamos entender juntos cada etapa, garantindo que sua empresa esteja alinhada com todas as normativas e pronta para fazer sucesso no mercado.

Primeiros passos: a empresa, documentação e licenças

O primeiro ponto de atenção ao iniciar o processo é assegurar que a empresa possua a licença de funcionamento da prefeitura, licença sanitária e quando necessário o AFE (Autorização de Funcionamento de Estabelecimento Perante a Anvisa). Esta é uma autorização fundamental que evidencia que o estabelecimento está apto a operar de acordo com as leis municipais e que possui uma estrutura física adequada e segura. Lembre-se: sem ela, o caminho nem começa!

Depois de obter a licença municipal, é hora de preparar a documentação para a ANVISA para obter a AFE (Autorização de Funcionamento Especial). Cada categoria de produto tem requisitos específicos, mas uma coisa é certa: a organização e a precisão são suas aliadas. Documentos como o Manual de Boas Práticas, Relatórios Técnicos e Estudos de Estabilidade serão seus melhores amigos nessa jornada.

Regularizando o produto: o registro propriamente dito

Com os preparativos iniciais prontos, é momento de se debruçar sobre o registro de produto na ANVISA em si. Para isso, a empresa deve submeter um dossiê com todas as informações técnicas do produto. O escopo deste dossiê varia muito dependendo da categoria do produto, por isso o conhecimento é chave!

Um ponto que quase sempre é exigido é a comprovação de eficácia e segurança do produto. Estudos clínicos, testes de laboratório e dados de pesquisas são parte do que precisa ser meticulosamente coletado e apresentado.

O tempo de aprovação e acompanhamento

A paciência é uma virtude e ela será necessária enquanto aguarda a avaliação do órgão. A ANVISA tem prazos definidos para análise, mas variáveis como o volume de submissões e a complexidade do produto podem influenciar na espera. Após a regularização, fique atento: a manutenção do cadastro e a atualização de quaisquer alterações no produto ou na legislação serão tarefas contínuas.

Agora, com um bom entendimento de como funciona o cadastro de produto na ANVISA e a importância da licença de funcionamento, você está mais preparado para navegar por essas águas regulatórias. Mesmo que o processo seja minucioso, o sucesso na conformidade significa um grande impulso no mercado.

Parceria com a  Sanity Consultoria

Com uma empresa voltada para todos os setores na área de consultoria sanitária, inclusive nutricional, ambiental, segurança do trabalho, regularização e licenciamento, a Sanity Consultoria é uma parceira inestimável nesse caminho. 

Nosso compromisso é buscar resultados efetivos aos clientes, e a nossa expertise pode ser o diferencial que sua empresa precisa para não apenas atender, mas superar as expectativas regulatórias.

Convido você a fazer uma visita ao site da Sanity Consultoria e descobrir como podemos auxiliar no sucesso do seu negócio. Estamos ansiosos para contribuir com a sua jornada e assegurar que o processo de cadastro de seus produtos seja tranquilo e bem-sucedido!

 

Whatsapp